29/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

Um advogado identificado como Carlos Eduardo Martins Lima foi encontrado morto na última quarta-feira (2), em uma área de trilhas, em Florianópolis. O corpo dele tinha marcas de tiros na região do abdômen, além de perfurações de golpes de faca por todo corpo.

O advogado era conhecido por ostentar em suas redes sociais o dinheiro recebido em flagrantes e liberação de habeas corpus, sendo todos ligados a defesa de traficantes. De acordo com a polícia, ele também já foi detido várias vezes por porte de drogas e chegou a ficar foragido da Justiça por descumprir medida protetiva.

Após exames no Instituto Médico Legal (IML), a perícia concluiu que o advogado foi agredido até a morte e apresentava vários hematomas pelo corpo, além da marca de tiro.

Carlos Alberto estava sem tênis e sem objetos de valor, que teriam sido levados pelos criminosos para tentar despistar e fazer com que o crime fosse investigado como latrocínio, mas a BMW branca do advogado ficou há poucos metros do local onde ele estava.

O advogado dizia que era perseguido pela polícia por sempre atender clientes ligados a organizações criminosas. Até o momento nenhum dos envolvidos foi preso.

Redação 2

RELATED ARTICLES