22/02/2024
  • 09:32 Associação de Blogs e Portais do Brasil realiza reunião em Manaus
  • 06:52 Sine Amazonas divulga 85 vagas de emprego para esta quarta-feira
  • 06:50 Senado aprova projeto que acaba com “saidinha” de presos em feriados
  • 06:48 Chanceler de Israel exige retratação de Lula após declarações polêmicas.
  • 06:46 OMS alerta para surto global de sarampo

Cassiano Ribeiro da Silva Júnior, o “Bob”, que é apontado por ser um dos pilares da facção criminosa Comando Vermelho (CV), deixou a Unidade Prisional Antônio Trindade (Ipat) para fazer uma cirurgia bariátrica. Ele deve ficar em prisão domiciliar por 60 dias.

O criminoso deixou a unidade prisional na tarde desse sábado (19). Ele conseguiu um mandado de remoção, prisão domiciliar junto à Justiça do Amazonas. A partir de agora Bob deverá ficar em casa, que fica na rua Asa Delta, no bairro Mauazinho, zona Leste de Manaus, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica.

Bob estava preso por ter sido um dos líderes do massacre do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), ocorrido em 2017, além de ter envolvimento em outros homicídios ocorridos na cidade de Manaus.

Como conselheiro do CV, ele tem participação direta nas decisões da facção. Para a polícia, ele é considerado de alta periculosidade e poderá aproveita este tempo de prisão domiciliar para fugir para outros estados.

A decisão de colocar ou mudar em prisão domiciliar é da Segunda Camara Criminal, Mirza Telma de Oliveira.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT