29/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

Amazonas – Após mobilização nesta segunda-feira (28), mais de 70 portais da região Norte se reuniram para lutar contra a adoção do uso do selo criado por uma minoria de jornalistas do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM).

A ideia dos empresários autônomos é unir as associações que existem para criar uma só aliança, com 79 portais do Amazonas, com o objetivo de fortalecer e consolidar as ações por meio de assembleia, para que sejam apresentadas estratégias em defesa dos interesses dos veículos de comunicação.

De acordo com o grupo formado por sites e blogs, o selo sindical é uma ferramenta para promover censura e seleção contra a maioria dos veículos de comunicação do estado.

Por meio de nota, os líderes do movimento contra o selo afirmam que o “grupo está sendo criado para quem é empresário, dono de portal e Blogs no Amazonas. A intenção é unir forças para combater uma fraude que tenta, incessantemente, nos prejudicar”, diz trecho do texto compartilhado em redes sociais.

De acordo com o grupo de sites e portais, a ferramenta é na verdade um meio para promover censura e seleção contra a maioria dos veículos de comunicação do estado. Por meio de nota, os líderes do movimento contra o selo afirmam que o “grupo está sendo criado para quem é empresário, dono de portal e Blog no Amazonas. A intenção é unir forças para combater uma fraude que tenta, incessantemente, nos prejudicar”, diz trecho do texto compartilhado em redes sociais.

Reuniões

No último dia 25 de março, o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM), Wilson Reis, esteve reunido com o Secretário de Comunicação da Prefeitura de Manaus, Israel Conte, e apresentou a proposta.

Em 10 de março deste ano, o sindicato também apresentou a proposta para Secretária de Comunicação do Estado, Josi Gomes.

Após esses movimentos, os sites e portais do Amazonas, que são contra a ação do SJP/AM, prometeram ingressar na justiça, contra a criação do selo.

Lista de portais que deverá compor a Associação:

Portal e TV CM7 Brasil – 6 anos em atividade

Portal do Generoso – 10 anos em atividade

Portal dos Fatos – 3 anos em atividade

Portal Amazônia Press – 4 anos em atividade

Portal Opinião Manauara – 5 anos em atividade

Portal Amazonas Digital – 2 anos em atividade

Agora Amazonas – 8 anos em atividade

Portal Chumbo Grosso – 11 anos em atividade

Portal do Lobão – 9 anos

Portal R7 Brasil – 1 ano e três meses de atividades

Portal Atualizado – 3 anos em atividade

Portal Mix de Notícias – 3 anos em atividade

Portal AmazoniaON – 11 anos em atividade

Portal do Sargento Adiel – 1 ano e sete meses de atividade

Portal News AM – 4 anos de atividade

Portal Gazeta do Amazonas – 8 anos em atividade

Portal dos fatos – 3 anos em atividade

Portal Fatos AM – 2 anos em atividade

Portal Amazonas Notícias – 13 anos em atividade

Portal Giro AM 24H – 2 anos em atividade

Portal O Amazonense – 2 anos em atividade

Portal A Notícia do AM – 14 anos em atividade

Portal Jornal Notícias Populares do Amazonas – 2 anos em atividade

Portal Manaus Alerta – 5 anos em atividade

Portal do JJ – 2 anos em atividade

Portal Manchete AM – 3 anos de existência

Fonte: Portal CM7 Brasil

Redação 2

RELATED ARTICLES