28/02/2024
  • 10:30 Pastores investigados pela Polícia Federal têm ligação com Marcos Bastos, do “Pai Resgatando Vidas”; confira vídeos
  • 10:25 TCE apresenta à Aleam minuta do projeto de criação da Ouvidoria da Mulher
  • 10:19 Fernanda Gentil é diagnosticada com paralisia de Bell: entenda mais sobre a doença
  • 10:14 “Bons de briga”: torcedores enfrentam batalhão de seguranças em jogo; assista aos vídeos
  • 07:06 Hemoam convoca doadores do tipo O devido a estoque baixo de sangue

Manaus/AM – Franciney Amorim dos Santos, de 45 anos, e um homem que não teve a identidade revelada morreram em um confronto com policiais militares da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na noite desta quinta-feira (27), no bairro Santa Etelvina, zona Norte de Manaus. Ele é apontado como líder da facção criminosa RDA e seria o suposto braço direto do narcotraficante João Pinto Carioca, o ‘João Branco’.

Os militares receberam denúncias de que havia uma boca de fumo em uma invasão. Para tentar impedir a ação da polícia no local, Franciney e um comparsa dispararam diversos tiros contra os policiais. Durante o confronto, a dupla foi baleada e, em seguida, socorrida para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galiléia, mas eles não resistiram aos ferimentos e já chegaram sem vida na unidade de saúde.

Com os suspeitos foram apreendidos um fuzil e uma arma de fogo calibre 38.

Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML).

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT