28/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

A Polícia Civil de Penápolis, em São Paulo, está trabalhando para desvendar a causa da morte da pequena Mirella Fernanda, de apenas um ano. Segundo o Boletim de Ocorrência, a criança deu entrada na tarde da última segunda-feira (14), no pronto-socorro da cidade em estado de rigidez cadavérica.

Ainda segundo o documento, no corpo da menina, haviam várias marcas roxas e dilaceração do ânus.

A médica que atendeu a bebê percebeu os sinais de violência e acionou a Polícia Militar, que questionaram a mãe e o padrasto.

Para eles, os dois alegaram que colocaram Mirella para dormir no domingo (13) e perceberam que ela estava morta no dia seguinte. Porém, o conselho tutelar informou que já havia denúncias de maus-tratos contra a família.

Um inquérito foi aberto e a chegada do laudo é esperada. Até o momento ninguém foi preso.

Revoltados, moradores do município pediram justiça nas redes sociais com a tag #JustiçaPorMirella

Redação 2

RELATED ARTICLES