28/05/2024
  • 09:30 Imersão Eleições: inscrições abertas para o maior evento de marketing político para capacitação profissional com foco em campanhas eleitorais
  • 08:10 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:10 Botafogo vence Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:09 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:08 Botafogo derrota Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Uma mulher, de 32 anos, atirou no marido, de 41 anos, após ele se recusar a mostrar mensagens do celular dele. O fato aconteceu em Pacaembu, interior de São Paulo. Ela usou a arma do próprio marido, que é agente penitenciário, para atirar contra ele.

De acordo com o pai do homem, um idoso de 71 anos, ele foi até a casa do filho depois de perceber uma movimentação estranha na casa dele. Ao chegar ao local ele se deparou com a nora sentada no chão, toda ensanguentada e com a arma na mão. Próximo a ela estava o filho, que tinha sido alvejado com um tiro nas costas.

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar na residência encontrou a mulher em choque. Aos policiais ela disse que teria discutido com o marido porque ele escondia as mensagens no celular. A mulher disse ainda que pegou a arma com a intensão de dar um susto nele, mas ao exigir que ele mostrasse as mensagens de novo, o homem teria se negado e com raiva ela atirou.

O homem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para uma unidade hospitalar da cidade. O tiro acertou a vítima nas costas e saiu pelo abdômen. A mulher também foi levada para o hospital e em seguida, apresentada na delegacia juntamente com o revólver utilizado no crime.

Ela foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT