28/06/2024
  • 20:12 Confrontos marcam Argentina após Senado aprovar megapacote de reformas de Milei.
  • 18:04 Brasil finaliza maio com déficit de R$ 61 bi, o pior resultado sem pandemia.
  • 18:02 General Zuñiga é exibido algemado pelo governo da Bolívia após frustrada tentativa de golpe; assista ao vídeo.
  • 17:59 Prefeitura de Manaus começa recapeamento da avenida Autaz Mirim na zona Leste
  • 17:57 Governador Wilson Lima exalta criação de 24 mil empregos e aporte de R$ 150 milhões no Festival de Parintins

Uma mulher identificada como Joana Darc foi encontrada morta na última terça-feira (15), após desaparecer no dia 11. Segundo informações da Polícia, a mulher estava enterrada no quintal de um terreno abandonado, em Medina, Minas Gerais.

Conforme os exames de necropsia, a vítima foi morta por asfixia por soterramento, após ser enterrada viva, depois de ser torturada, com socos e chutes.

Um homem de 21 anos foi preso no dia que o corpo foi encontrado. Outros dois, de 17 e 20 anos, continuam sendo procurados.

Na delegacia, o homem confessou que seus colegas teriam mantido relações sexual com consentimento da vítima. Mas no fim, um deles determinou a morte de Joana Darc.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT