27/06/2024
  • 20:12 Confrontos marcam Argentina após Senado aprovar megapacote de reformas de Milei.
  • 18:04 Brasil finaliza maio com déficit de R$ 61 bi, o pior resultado sem pandemia.
  • 18:02 General Zuñiga é exibido algemado pelo governo da Bolívia após frustrada tentativa de golpe; assista ao vídeo.
  • 17:59 Prefeitura de Manaus começa recapeamento da avenida Autaz Mirim na zona Leste
  • 17:57 Governador Wilson Lima exalta criação de 24 mil empregos e aporte de R$ 150 milhões no Festival de Parintins

Nesta terça-feira (15), circulou na internet um vídeo onde mostra o pastor evangélico, líder da igreja Agnus, Renê Arian, orando e ungido revólveres, pistolas, espingardas e um fuzil. Um verdadeiro arsenal. O caso aconteceu em Curitiba, no último sábado.

Segundo as informações divulgadas pelo jornal O Globo, no local estavam presentes dois delegados, escrivão, além de uma pastora. Conforme o partor, o ato é para proteger a sociedade contra os ‘Homens maus’.

 “Senhor Deus, em nome de Jesus, nós ungimos essas armas para a segurança da nossa população de nossa cidade, Senhor. Nós pedimos que o Senhor venha nos guardar, venha nos proteger, através dessas armas”, diz Arian durante oração.

O religioso prossegue e justifica que a bênção serve para segurança da população contra o que chama de “homens maus”. Ele afirma que já realizou a unção de outros instrumentos de trabalho e que há respaldo na palavra de Deus.

“A Tua palavra diz: tudo o que ligares aqui na Terra terá sido ligado nos céus. E nós ligamos, através da unção com óleo, essas armas que serão para a nossa proteção, para guardar a população, em nome Jesus, contra os homens maus. Para a glória, Deus e louvor, de seu nome, nós pedimos que o Senhor nos guarde, nos livre e nos proteja, em nome de Jesus. Amém e amém”, continuou.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT