02/07/2024
  • 09:33 30 passageiros ficam feridos durante pouso de emergência de avião no Brasil; assista ao vídeo
  • 09:32 Mulher obesa fica presa em catraca de ônibus e veículo precisa ser desmontado para resgatá-la; assista ao vídeo
  • 09:30 Motoqueiro tem grave acidente na Ponta Negra e está em estado crítico; vídeos mostram situação.
  • 09:28 Polícia Militar do Amazonas reforça combate à violência doméstica em Parintins
  • 09:25 Fantástico causa indignação ao afirmar Marciele Albuquerque como cunhã-poranga do Boi Garantido
Foto: divulgação

Durante a Operação Parintins 2024, a atuação decisiva da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), especialmente por meio da Ronda Maria da Penha (RPM), revelou-se fundamental no enfrentamento à violência doméstica e à importunação sexual. Este importante trabalho ocorreu tanto antes quanto ao longo do Festival de Parintins 2024, ocorrido na ilha Tupinambarana, situada a 369 quilômetros de Manaus, destacando a importância da ação policial na proteção às mulheres.

Uma novidade desse ano foi a criação de uma linha direta para o atendimento dedicado a mulheres que necessitassem de auxílio, através do número (92) 99527-8008. As informações fornecidas pelo sargento PM Wilker Maia, coordenador da Ronda Maria da Penha na operação, destacaram o trabalho coeso entre as equipes da PMAM, garantindo uma assistência uniforme antes e durante a 57ª edição do Festival de Parintins.

Adicionalmente, é de mencionar o importante papel do recente protocolo “Não é Não”, fruto de uma colaboração entre o Governo do Amazonas e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Este protocolo estabelece diretrizes precisas para uma abordagem firme nos casos de importunação sexual e outras formas de violência contra as mulheres, marcando um avanço significativo na política de proteção e defesa.

O sargento Maia ressaltou a preparação dos policiais militares especializados na proteção feminina, que foram capacitados exclusivamente sobre este protocolo, mostrando-se estrategicamente localizados em áreas de grande fluxo público. Esses lugares incluem eventos musicais, praças de alimentação, e hospedagens, assegurando assim, controles mais efetivos contra comportamentos inapropriados durante eventos de larga escala, como foi o caso do Festival de Parintins.

A Ronda Maria da Penha, essencial na busca pela erradicação da violência doméstica no Amazonas desde sua criação em 30 de setembro de 2014, desempenhou um papel primordial no cenário de Parintins desde sua implementação em julho de 2023. A introdução de uma nova viatura à unidade de Parintins, concedida pelo governador Wilson Lima, ampliou consideravelmente a capacidade de resposta e atuação da RPM, facilitando uma intervenção mais ágil e eficaz nas situações de violência doméstica.

Além da linha direta da Ronda Maria da Penha, a PMAM disponibilizou outras linhas-diretas para atendimentos emergenciais e denúncias, através dos números (92) 99270-7803 / (92) 98414-0554, vinculados ao 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM); (92) 98842-1769, associado à Companhia de Policiamento Turístico (CPTur); além das consagradas linhas de atendimento 190, da própria PMAM, e o 181, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), todos operacionais na área da Ilha Tupinambarana. Esta rede de suporte ampliada reflete o compromisso em garantir a segurança e o bem-estar da população durante grandes eventos, efetivando a lei e promovendo um ambiente seguro para todos.

Fonte: https://cm7brasil.com/amazonas/policia-militar-do-amazonas-fortalece-acoes-de-combate-a-violencia-domestica-em-parintins/

Redação 2

RELATED ARTICLES