28/06/2024
  • 20:12 Confrontos marcam Argentina após Senado aprovar megapacote de reformas de Milei.
  • 18:04 Brasil finaliza maio com déficit de R$ 61 bi, o pior resultado sem pandemia.
  • 18:02 General Zuñiga é exibido algemado pelo governo da Bolívia após frustrada tentativa de golpe; assista ao vídeo.
  • 17:59 Prefeitura de Manaus começa recapeamento da avenida Autaz Mirim na zona Leste
  • 17:57 Governador Wilson Lima exalta criação de 24 mil empregos e aporte de R$ 150 milhões no Festival de Parintins

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta segunda-feira (31), em São Paulo, e defendeu que, caso seu partido não tenha candidato competitivo, deveria fazer uma aliança com Lula para as Eleições 2022. O comentário foi feito pelo senador em sua conta do Twitter, na qual […]

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta segunda-feira (31), em São Paulo, e defendeu que, caso seu partido não tenha candidato competitivo, deveria fazer uma aliança com Lula para as Eleições 2022.

O comentário foi feito pelo senador em sua conta do Twitter, na qual publicou uma foto ao lado do ex-presidente e de seu filho, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB-AL).

“Tivemos uma conversa com presidente Lula sobre democracia, institucionalidade, economia e eleição. Inclusive a última, que elegeu Bolsonaro e quebrou o Brasil. Pessoalmente, defendo que se o MDB não tiver um candidato competitivo é mais consequente uma aliança com Lula”, disse Renan Calheiros.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT