29/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

Luciana Rodrigues foi presa durante a missa de sétima dia do marido, Vicente de Paula Rodrigues da Costa, como principal suspeita de atear fogo nele. A prisão aconteceu na noite desta quinta-feira (10). A vítima morreu com 80% do corpo queimado.

De acordo com as investigações, o crime aconteceu no sábado de Carnaval (26), no Rio de Janeiro. Na ocasião, a vítima estava dormindo. Ele ficou internado por cinco e dias, mas não resistiu.

Conforme o delegado Claudio Vieira, da 26º Delegacia de Polícia de Todos os Santos. “Ela foi até o quarto, jogou álcool e ateou fogo no próprio marido. As crianças, os filhos do casal, acordaram com os gritos do pai, pediram socorro. Os vizinhos entraram na residência, socorreram Vicente e conseguiram debelar o incêndio, que se propagava pela casa”, explicou.

A polícia agora investiga a motivação do crime. Luciana foi abordada na saída da igreja.

Redação 2

RELATED ARTICLES