28/02/2024
  • 10:30 Pastores investigados pela Polícia Federal têm ligação com Marcos Bastos, do “Pai Resgatando Vidas”; confira vídeos
  • 10:25 TCE apresenta à Aleam minuta do projeto de criação da Ouvidoria da Mulher
  • 10:19 Fernanda Gentil é diagnosticada com paralisia de Bell: entenda mais sobre a doença
  • 10:14 “Bons de briga”: torcedores enfrentam batalhão de seguranças em jogo; assista aos vídeos
  • 07:06 Hemoam convoca doadores do tipo O devido a estoque baixo de sangue

Quatro pessoas foram presas nesta segunda-feira (21), suspeitas de participarem de um esquema criminoso de prática de jogos de azar e lavagem de dinheiro. Dentre os presos está o youtuber Kléber Moraes, que é mais conhecido como “Klebim”, dono do canal “Estilo Dub”, que tem mais de 1 milhão de seguidores.

De acordo com a Polícia Federal, o grupo atuava desde 2021 com sorteios de veículos de luxo em rifa e lavagem de dinheiro com empresas “laranjas”. Além de “Klebim” foram presos também Pedro Henrique Barroso de Neiva, 37, Vinícius Couto Farago, 30, e Alex Bruno da Silva Vale, de 28 anos.

Ainda segundo as investigações, o grupo faturou nesses dois anos cerca de R$ 20 milhões. No total, nove veículos de luxo entre uma lamborghini e uma ferrari, avaliados em R$ 3 milhões cada, foram apreendidos.

A mansão do líder do grupo, localizada no Park Way, também foi alvo da operação. Foram bloqueados R$ 10 milhões das contas dos investigados. Além dos veículos de luxo, foram apreendidos vários outros carros, uma motocicleta e um jet-ski.

Em nota, o advogado José Sousa de Lima, que representa os alvos da operação desta segunda, disse que “essa prisão é completamente arbitrária, desproporcional e ilegal. Fruto de uma pirotecnia para criar constrangimentos e fatos midiáticos. Confiamos que o Poder Judiciário corrigirá essa arbitrariedade revogando imediatamente essa prisão”.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT