28/05/2024
  • 09:30 Imersão Eleições: inscrições abertas para o maior evento de marketing político para capacitação profissional com foco em campanhas eleitorais
  • 08:10 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:10 Botafogo vence Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:09 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:08 Botafogo derrota Flamengo no Maracanã por 2 a 0

O ex-jogador e atual dono do time Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno, está sendo acusado na Justiça por não pagar pensão alimentícia do filho de 16 anos que tem com a esteticista Michele Umezu há pelo menos três meses.

De acordo com a advogada de Michele, um pedido de prisão contra o ex-jogador de futebol já foi protocolado, caso ele continue se negando a pagar a pensão do filho. “Ele não paga desde dezembro. Nós já entramos com a ação de execução no fórum da Barra. O que a Michele acha que aconteceu é que o Alex não quis passar o Natal com o Ronaldo, agora em dezembro, e em represália ele não pagou dezembro, janeiro e fevereiro”, explicou a advogada Solange Pereira.

Além da pensão, Ronaldo também cortou o segurança que disponibilizava para o filho e suspendeu a mesada que dava diretamente ao herdeiro. Michele e Ronaldo tiveram um rápido relacionamento em 2004. Ela entrou em contato com o craque pedindo o reconhecimento da paternidade quando o menino tinha oito meses. A Justiça demorou 5 anos para concluir a realização do exame de DNA e finalizar o reconhecimento da paternidade.

Dono do Cruzeiro

Em dezembro de 2021, Ronaldo Fenômeno virou capa dos principais noticiários do mundo por causa de uma negociação milionário. O ex-artilheiro formalizou a compra de 90% das ações do Cruzeiro.

Na época, o novo acionista majoritário chegou a informar que o time mineiro teria investimento da casa dos R$ 400 milhões.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT