29/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

Amazonas – O delegado Bruno de Paula Fraga assume o comando da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) e é o novo delegado-geral da instituição, em substituição ao delegado Ricardo Leite, que estava na função desde abril de 2022. O delegado Guilherme Torres, assume como delegado-geral adjunto.

Bruno Fraga enfatiza que a Polícia Civil trabalhou arduamente em 2022, com o objetivo de combater e elucidar crimes, e levar mais segurança à população amazonense e ressalta que esse trabalho irá continuar em 2023 sob a nova gestão.

“À frente da PC-AM, assumo a responsabilidade de tornar uma instituição mais forte no combate e elucidação dos crimes no nosso Estado, a fim de efetuar prisões de criminosos e desarticular organizações criminosas. Também vamos ganhar reforços com a chegada de novos policiais, que chegam para somar”, salientou o delegado-geral.

Trajetória

 

Bruno Fraga é natural de Minas Gerais, graduado em Direito pela Universidade de Vila Velha/ES (2005) e pós-graduado em Direito Público pela Universidade Cândido Mendes/MG (2009) e em Direito Penal pelas Faculdades Integradas de Jacarepaguá – RJ (2012).

Ingressou na PC-AMem 2011, por meio de concurso público. Já atuou como titular de diversas delegacias no interior do Amazonas, dentre elas as de Parintins, Benjamin Constant e Lábrea.

Já na capital, chefiou os 13º e 26º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), 2ª Seccional Norte, Especializadas em Capturas e Polinter (DECP), Crimes Contra a Fazenda Pública e Estadual (DECCFPE). Também foi diretor dos Departamentos de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), de Polícia do Interior (DPI) e, por último, foi delegado-geral adjunto da instituição.

Guilherme Torres Ferreira é bacharel em direito pela Universidade Nilton Lins e pós-graduado em Direito Penal e Processo Penal. Realizou o concurso para delegado da PC-AM em 2009, ingressando na instituição em 2014.

Já atuou nas delegacias de Urucará, Novo Airão e foi titular nos 8º, 20º e 19º DIPs, nas Delegacias Especializadas em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), e em Combate à Corrupção (Deccor). Foi secretário-executivo da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), diretor do DRCO, e por último, diretor do DPI.

 

Fonte: Portal CM7 Brasil

Redação 2

RELATED ARTICLES