29/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

O pequeno Ayaansh Kumar, que completará dois anos em março deste ano, pegou o celular de sua mãe, Madhu Kumar, e realizou uma compra de US$ 1.700 (cerca de R$ 9.350) em móveis. O caso ocorreu em Nova Jersey, nos Estados Unidos. O pai, Pramod Kumar, disse em entrevista ao jornal News 12 que a […]

O pequeno Ayaansh Kumar, que completará dois anos em março deste ano, pegou o celular de sua mãe, Madhu Kumar, e realizou uma compra de US$ 1.700 (cerca de R$ 9.350) em móveis. O caso ocorreu em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

O pai, Pramod Kumar, disse em entrevista ao jornal News 12 que a esposa havia escolhido alguns itens em uma plataforma de compras online e os colocado no carrinho virtual.

Como os dados do cartão de crédito já estavam cadastrados na plataforma, o menino pegou o celular de sua mãe e finalizou as compras dos itens.

“Ele simplesmente foi ao carrinho e apenas clicou em todos os produtos que estavam lá. Depois, finalizou os pedidos e o pagamento foi realizado”, disse o pai.

A família só recebeu o que o menino havia feito quando as caixas com os móveis começaram a chegar na residência.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022

Madhu e Pramod entraram em contato com a loja e explicaram o que tinha ocorrido. Eles conseguiram o reembolso e os produtos foram devolvidos.

Após a confusão, os pais afirmaram que removeram os dados dos cartões de crédito cadastrados nas plataformas online.

* Com informações do GO DAILY

Redação 2

RELATED ARTICLES