28/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

Manaus/AM – O empresário Joabson Agostinho, o gerente Romário Vinente Bentes e Kamila Tavares da Silva, presos nesta quarta-feira (9) suspeitos no envolvimento do assassinato do sargento Lucas Ramon Silva Guimarães, estão no Centro de Recebimento e Triagem (CRT). 

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), o trio será encaminhado ainda na tarde desta quinta (10) para a unidade prisional Centro de Detenção Provisório de Manaus (CDPM1) e Centro de Detenção Feminino (CDF).

A mulher do empresário Jordana Freire foi presa, mas por decisão da Justiça ela cumprirá prisão domiciliar e está em casa.

Redação 2

RELATED ARTICLES