24/05/2024
  • 08:10 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:10 Botafogo vence Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:09 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:08 Botafogo derrota Flamengo no Maracanã por 2 a 0
  • 11:32 Michelle Bolsonaro elogia Virada Feminina e reconhece liderança de Cileide Moussallem no AM

A agente Rafaela Luciane Motta Ferreira, que faz parte da Polícia Civil do DF, tentou se matar enrolando uma corda de varal no pescoço dentro de uma cela do Presídio Feminino do Distrito Federal (PFDF), no Gama, na Ala de Tratamento Psiquiátrico (ATP) da Unidade. Surtada na cela, a policial está presa após ameaçar a vida de vários ex-namorados.

Ela pegou um barbante e elásticos usados no varal do presídio, onde as roupas das presas são colocadas para secar. Uma policial viu a cena e salvou a agente, que está presa por ameaçar o ex-namorados.

A agente diz ter pensamentos suicidas na cadeia. As agentes que tomam conta dela afirmam que Rafaela surta quando não é atendida de imediato. Ela está presa desde 28 de novembro do ano passado por agredir um ex-namorado.

Em uma carta deixada para vários ex-namorados ela diz que vai furar os pneus do carro dele e depois matar outro ex-namorado. Também diz pretender incendiar a moto de outro homem, para que ele pudesse “sofrer em vida”.

Já outro ex foi ameaçado com veneno.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT