28/05/2024
  • 09:30 Imersão Eleições: inscrições abertas para o maior evento de marketing político para capacitação profissional com foco em campanhas eleitorais
  • 08:10 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:10 Botafogo vence Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:09 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:08 Botafogo derrota Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Um pastor evangélico identificado como Márcio André Farias Melo, de 49 anos, morreu na tarde dessa sexta-feira (11), após ser atacado por um cachorro da raça pitbull monster, na cidade de Macapá (AP). O homem ainda chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

De acordo com testemunhas, o pastor tinha ido a uma casa de um amigo para cruzar a cadela dele, da mesma raça, com o animal de um amigo. Ainda segundo os moradores das redondezas, o amigo de Márcio havia viajado e o pastor tinha ficado responsável por alimentar o cão.

Márcio já conhecia o cachorro, mas nessa sexta-feira após colocar comida para o animal acabou sendo atacado. Vizinhos da casa teriam ouvido os gritos de pedido de socorro e ao subirem o muro, avistaram o pastor sendo atacado pelo cão.

Conforme informações do Corpo de Bombeiros, Márcio teve o braço direito e a perna esquerda dilacerados. Eles conseguiram resgatar a vítima e prestar os primeiro socorros. Em seguida, removeram o pastor por cima do muro.

Márcio foi colocado em uma ambulância, mas quando estava a caminho do hospital sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil deverá abrir um inquérito para apurar o caso.

Pitbull Monster

Esta raça de cachorro foi desenvolvido no Brasil, a partir do cruzamento entre cães de aparência “monstruosa”, relacionados ou não ao pitbull, e ao american bully. Um filhote dele é vendido no mercado por aproximadamente R$ 3 mil.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT