28/06/2024
  • 11:34 Vídeo: Membro do PCC é atingido por 15 tiros na cabeça em Manaus; assista
  • 11:30 PUMP é multada em R$18 mil por doação ilegal a candidato
  • 11:25 Ex-noivo de Djidja, Bruno Roberto recebe prisão domiciliar por decisão judicial
  • 11:21 Prefeito David Almeida inaugura novas estruturas da feira itinerante Prefeito 2 Novo título: Prefeito David Almeida inaugura novos espaços na feira itinerante Prefeito 2
  • 10:04 Forças de Segurança se unem na Festa dos Visitantes em Parintins

Brasil – Com medo de espionagem por parte do ex-presidente Jair Bolsonaro, Luiz Inácio Lula da Silva mandou a Polícia Federal fazer uma “varredura” no Palácio do Planalto, em Brasília.

Objetivo é verificar se o local, principalmente no gabinete de Lula, possui câmeras ou microfones escondidos.

A ‘varredura’ começou ontem (02-jan), porém só foi divulgada hoje, por jornalistas especializados na cobertura presidencial.

Além da análise minuciosa das salas e demais aposentos do Palácio, Lula determinou à sua equipe que faça a troca de todos os móveis do local.

A nova mobília já foi escolhida e deve ser entregue na quarta-feira (04-jan). A previsão é que Lula comece a despachar no Palácio do Planalto na quinta-feira (5).

Em busca de explosivos e equipamentos de escuta

Policiais federais também buscam por objetos que possam oferecer riscos às autoridades, possíveis explosivos e equipamentos de escuta. A medida é padrão e também foi realizada no Gabinete de Transição, espaço usado pelo presidente Lula antes da posse, no Centro Cultural Banco do Brasil.

O Palácio da Alvorada – residência oficial usada por presidentes – também deve passar por varredura antes que Lula e a família possam se acomodar.

A reportagem apurou que a medida já está em andamento no Palácio da Justiça, comandado por Flávio Dino. Ministros do novo governo já solicitaram a medida de segurança em outras pastas.

Fonte: Portal CM7 Brasil

Redação 2

RELATED ARTICLES