28/05/2024
  • 09:30 Imersão Eleições: inscrições abertas para o maior evento de marketing político para capacitação profissional com foco em campanhas eleitorais
  • 08:10 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:10 Botafogo vence Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:09 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:08 Botafogo derrota Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Rio de Janeiro, RJ – Arnon Souza Vincler, de 31anos, foi preso na última terça-feira (29), sendo o principal suspeito pelo assassinato da própria mãe, Rosane Reis de Souza, de 51 anos. O corpo da vítima foi encontrado ao lado de uma foto dela e do filho, mas o mesmo não confessou o assassinato. O caso aconteceu em Itaocara, no Rio de Janeiro, no domingo (27).

O homem informou à polícia que colocou a foto junto a mãe ao lado do corpo. De acordo com o delegado Carlos Augusto Guimarães da Silva, o crime foi motivado por ambição, uma vez que o homem receberia um seguro no valor de R$ 10 mil se a mãe viesse a falecer. Com ele foram encontradas anotações sobre o que ele teria direito a receber após a morte da mãe.

A Polícia Civil já pediu a prisão temporária de Arnon. Segundo o delegado, os laudos periciais de local e de necropsia apontaram a causa médica da morte como asfixia mecânica.

Arnon foi preso em casa, não ofereceu resistência, além de não ter confessado o crime. Ele foi autuado por homicídio qualificado por motivo torpe (ambição) e pelo emprego de meio cruel (asfixia).

(*) Com informações do Uol

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT