28/02/2024
  • 10:30 Pastores investigados pela Polícia Federal têm ligação com Marcos Bastos, do “Pai Resgatando Vidas”; confira vídeos
  • 10:25 TCE apresenta à Aleam minuta do projeto de criação da Ouvidoria da Mulher
  • 10:19 Fernanda Gentil é diagnosticada com paralisia de Bell: entenda mais sobre a doença
  • 10:14 “Bons de briga”: torcedores enfrentam batalhão de seguranças em jogo; assista aos vídeos
  • 07:06 Hemoam convoca doadores do tipo O devido a estoque baixo de sangue

A Justiça condenou Paula Thomaz e Guilherme de Pádua a indenizar Gloria Perez pela morte da atriz Daniella Perez (1970-1992). O ex-casal assassinou a filha da autora de novelas durante as gravações da novela De Corpo e Alma.

Daniella Perez e Gloria Perez; Justiça condena assassinos da atriz (Imagem: Reprodução / Instagram)

A Justiça condenou Paula Thomaz e Guilherme de Pádua a indenizar Gloria Perez pela morte da atriz Daniella Perez (1970-1992). O ex-casal assassinou a filha da autora de novelas durante as gravações da novela De Corpo e Alma.

A ação foi protocolada em 2007 e decidida em 2017. Gloria pediu o cumprimento da sentença por danos morais de uma vitória judicial que obteve em 2002.

Inicialmente, segundo o Notícias da TV, a ação esteve entre os outros processos da 7ª Câmara Cível do Rio, sob a relatoria do desembargador Paulo Gustavo Horta.

O magistrado deu ganho de causa para a contratada da Globo e condenou Paula e Pádua a pagarem 500 salários mínimos, algo em torno de R$ 480 mil. Após a derrota, Paula ajuizou uma ação de autoinsolvência, alegando que não tinha o valor.

A Justiça reconheceu a falta do dinheiro, mas Gloria entrou com um novo processo e conseguiu uma decisão de execução da dívida na 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, no final de 2021.

O pedido foi aceito e a Justiça mandou que fosse penhorado um apartamento no nome do atual companheiro de Paula Thomaz. A execução determinou que fosse levantado através da venda por penhora judicial.

Paula e seu marido recorreram da decisão em segunda instância, mas ainda não houve o julgamento do mérito. Guilherme de Pádua seguiu um caminho semelhante.

Morte da filha de Gloria Perez espanta o mundo da TV

Daniella Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua, o seu par romântico em De Corpo e Alma. A novela nunca foi reprisada no Vale a Pena Ver De Novo.

A motivação dada por ele era pelo fato de acreditar que seu papel na novela, escrita por Gloria, estava diminuindo.

O fato ocorreu no dia 28 de dezembro de 1992. Na manhã seguinte, após a tragédia, o elenco foi até Gloria para consolá-la. Entre eles estavam Guilherme.

No início, ninguém acreditou que era ele o assassino, mas a polícia confirmou o ator como o responsável pelo homicídio, cometidos a golpes de tesoura.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT