28/05/2024
  • 09:30 Imersão Eleições: inscrições abertas para o maior evento de marketing político para capacitação profissional com foco em campanhas eleitorais
  • 08:10 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:10 Botafogo vence Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:09 Botafogo derrota Flamengo por 2 a 0 no Maracanã
  • 08:08 Botafogo derrota Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Enquanto todos amazonenses se mostraram indignados e preocupados com o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que reduz em 25% o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), medida que prejudica diretamente a Zona Franca de Manaus, a filha do deputado estadual Belarmino Lins (Progressistas), Lívia Lins, se mostrou favorável ao fim da Suframa.

Lívia fez questão de expor seu posicionamento contra os amazonenses ao comentar uma publicação no perfil Transito Manaus, no Instagram, no qual o assunto era exposto. No comentário, a filha do deputado disse “Totalmente desnecessária essa matéria”, referindo-se a uma reportagem sobre o assunto.

Em resposta, alguns seguidores da página reagiram ao infeliz comentário de Lívia. “Desnecessário é o teu comentário”, disse uma seguidora. “Pq? A ZFM é interesse de todo amazonense, se ela acaba, o Estado do Amazonas fica no buraco sem tamanho… ou você tá defendendo seu corrupto de estimação?”, questionou outra.

Desde a noite dessa sexta-feira (25) este é um dos assuntos mais comentados no Amazonas. Líderes políticos se manifestaram contra a medida econômica que irá trazer grandes prejuízos ao Estado. Atualmente, mais de 100 mil amazonenses trabalham no Polo Industrial e dependem da indústria para se manter e gerar economia para o Estado.

O governador do Amazonas, Wilson Lima, e o prefeito de Manaus, David Almeida, já se manifestaram e disseram que irão se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tentar reverter esta situação.

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT