28/06/2024
  • 20:12 Confrontos marcam Argentina após Senado aprovar megapacote de reformas de Milei.
  • 18:04 Brasil finaliza maio com déficit de R$ 61 bi, o pior resultado sem pandemia.
  • 18:02 General Zuñiga é exibido algemado pelo governo da Bolívia após frustrada tentativa de golpe; assista ao vídeo.
  • 17:59 Prefeitura de Manaus começa recapeamento da avenida Autaz Mirim na zona Leste
  • 17:57 Governador Wilson Lima exalta criação de 24 mil empregos e aporte de R$ 150 milhões no Festival de Parintins

Durante esses dois primeiros meses de 2022, continuei a minha jornada, talvez uma grande aventura, de visitar as cidades do interior do nosso estado. O amazonense é um povo maravilhoso, hospitaleiro, acolhedor, te recebe como se você fosse alguém da sua família. É fantástica a receptividade por onde passo, sinto-me lisonjeado, orgulhoso de poder estar semeando a esperança para uma gente tão sofrida.

A grande lição que tenho aprendido nessa minha verdadeira CARAVANA DO CONHECIMENTO: é saber que o nosso estado precisa imediatamente de um projeto de SOLUÇÃO, porque até hoje os políticos tradicionais do nosso não pensaram nisso. Querem apenas o PODER e não levam para os nossos irmãos interioranos nenhuma perspectiva de mudanças na qualidade de vida que eles têm. Vivemos o momento mais dramático da nossa história.

Desafio aqui a qualquer um político hoje dizer qual o seu projeto de desenvolvimento para o interior do nosso estado, onde as pessoas são alimentadas pela miséria, algo inaceitável que deveria deixá-los envergonhados, porque somente através da política é possível melhorar a vida das pessoas. E o que eles fazem, o que fizeram nestes últimos quarenta anos? Nada. Quando as eleições se aproximam chamam seus cabos eleitorais, dão às suas ordens, dizem o que querem e o que eles precisam fazer para conquistar votos, distribuindo ainda mais miséria. Esse quadro precisa acabar, esse modelo está esgotado, o interior está abandonado, precisamos dar um basta.

Não escondo de ninguém que sou pré-candidato ao Senado, não tenho essa hipocrisia de negar os fatos, procuro sempre pautar minha vida na autenticidade e sinceridade. Nos meus encontros, entre tantos desencontros, com lideranças políticas e empresariais nas cidades por onde passo, a pergunta que faço sempre é: Quantas vezes um determinado senador que está indo para o oitavo ano de mandato veio aqui no seu município neste período? A resposta é quase unânime: NENHUMA. Como um cidadão desse pode querer fazer algo pelas pessoas se não conhece suas dores, se não vê o seu sofrimento, se não consegue enxergar o estado de miséria que ele ajudou decisivamente a colocar o nosso estado? O que foi feito durante os últimos quarenta anos no Amazonas? Chega de levantar uma única bandeira “vou defender a nossa Zona Franca”, isso todos dizem, quero ver é ter PROJETO DE SOLUÇÃO que contemple nosso estado, uma alternativa para cada um dos nossos 61 municípios. É exatamente isso que nós estamos construindo e vamos iniciar em 2023. A política deve ser usada para o bem das pessoas e não para beneficiar exclusivamente o político.

O Amazonas precisa acordar desse pesadelo. Depende de cada um de nós.

Selva!
Bom diaa!! Segue coluna do coronel Menezes para quem puder publicar!!!! Selva!! 😉

Redação 2

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT